Com recorde de internações no Estado, Eduardo Leite suspende a cogestão – cachoeirinhaNEWS.net

cachoeirinhaNEWS.net

News

 Breaking News

Com recorde de internações no Estado, Eduardo Leite suspende a cogestão

Imagem/Reprodução

Com recorde de internações no Estado, Eduardo Leite suspende a cogestão
fevereiro 25
18:17 2021

Nesta quinta-feira, são 4.925 gaúchos internados.
Cogestão permitia mudanças em regras da classificação de bandeiras

Com o objetivo de conter o avanço da pandemia de coronavírus, o governador Eduardo Leite (PSDB) comunicou à Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) que o sistema de cogestão no modelo de distanciamento controlado está suspenso. Em uma reunião online com os prefeitos, o governador, a secretária estadual de saúde, Arita Bergmann, o vice-governador Ranolfo Vieira Jr. e assessores técnicos apresentaram dados alarmantes sobre o avanço da Covid-19 em solo gaúcho. Em todos os cenários apresentados, segundo o governo, este é o pior momento da pandemia no Estado.

Região de Santa Maria apresentou isolamento médio de 37,5% na última semana

A suspensão da cogestão vale a partir deste sábado até o domingo da semana que vem. Dessa forma, os prefeitos terão que aplicar as restrições de acordo com a bandeira definida pelo modelo de distanciamento e seguir o que dita a medida estadual. 

_ A minha decisão é pela suspensão da cogestão, mas para que essa decisão se efetive ela precisa dos prefeitos. Por isso estamos aqui para ouvir os prefeitos e saber se teremos essa parceira para atingir os resultados _ disse Leite.

Mais 13,1 mil vacinas contra a Covid-19 chegam para a região de Santa Maria

Ao explicar aos chefes do Executivo, representantes do governo apresentaram os dados sobre o agravamento das internações no Rio Grande do Sul. Neste momento, as internações nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) estão 3,2 vezes superior à média dos ciclos anteriores. De acordo com a secretária Arita, hoje, 60% dos gaúchos que chegam às UTIs morrem, sendo que em fevereiro este número está em 74%.

Pacientes já começam a ser transferidos em hospitais de Santa Maria

Emocionada, a secretária fez um desabafo, ressaltando aos prefeitos que, até esta quinta-feira, mais de 12 mil gaúchos já perderam a vida, e se continuar neste ritmo, a tendência é que se chegue a 200 mortes por dia. Assim, em 15 de março, seriam 15 mil vidas perdidas para a Covid-19:

_ Mais de 12 mil gaúchos já perderam a vida para a Covid-19, número maior do que a população de 351 municípios gaúchos. Diante desse cenário catastrófico, a necessidade seria abrir 60 novos leitos de UTI por dia, mas isso jamais será possível.

De acordo com o governo do Estado, nesta quinta-feira há 4.925 gaúchos internados (número maior que a população 230 municípios gaúchos).

PREFEITOS

Prefeitos de diversas regiões do Estado se manifestaram, e, apesar de muitos serem a favor da cogestão, afirmaram que vão acatar as decisões do governo para conter à Covid-19 no Rio Grande do Sul.

CICLOS DOS PICOS DE INTERNAÇÕES (leitos clínicos e UTI)

  • Primeiro ciclo (jul) – 64 média de internações por dia
  • Segundo ciclo (nov) – 67 média de internações por dia
  • Hoje – 246 média de internações por dia (variação segue aumentando com tendência de crescimento)

LEITOS DE UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

  • Primeiro ciclo (jun/jul/ago) – 9,6 internados/dia
  • Segundo ciclo (nov/dez) – 10,2 internados/dia
  • Hoje – 31,8 internados/dia
  • *A taxa atual de crescimento nas UTIs é 3,2 vezes superior à média dos ciclos anteriores

MORTES NAS UTIs

  • Média de mortes nas UTIs – 60%
  • Fevereiro – 74,94% morreram e 25,06% se recuperaram

LEITOS CLÍNICOS

  • Primeiro ciclo (jun/jul) – 28,5 internados/dia
  • Segundo ciclo (nov) – 23,4 internados/dia
  • Hoje – 103,5 internados/dia
  • * A taxa atual de crescimento nos leitos clínicos é quase 4 vezes superior à média dos ciclos anteriores

Ministério Público e Defensoria Pública emitem ofício apoiando a reavaliação da cogestão

O Ministério Público Federal em conjunto com o Ministério Público do Trabalho, a Defensoria Pública da União e a Defensoria Pública do Estado encaminharam, na quarta-feira, um ofício ao governador Eduardo Leite solicitando a reavaliação do sistema de cogestão no atual contexto da pandemia de Covid-19 no Rio Grande do Sul. As instituições afirmam aderir as considerações técnicas do Comitê Científico de Apoio ao Enfrentamento à pandemia. Para embasar o ofício, foram feitas pelo menos 30 considerações em que são ressaltadas as preocupações com a velocidade da propagação do coronavírus em solo gaúcho e os indicadores que apontam para um possível colapso do sistema de assistência à saúde.

Fonte: https://diariosm.com.br/

About Author

admin

admin

Liber iudicabit scribentur quo an, quo id porro labitur tractatos, sea dolorum forensibus disputando ut. Mel nibh sonet ne, laudem vidisse habemus ei sed, te stet diceret necessitatibus nam. Molestie vituperatoribus est an, an dicunt aeterno usu, cu mea admodum interesset. At etiam discere euismod has.

Related Articles

%d blogueiros gostam disto: