EDUCAÇÃO: Aulas retornam de forma híbrida nos dias 8 e 18 de fevereiro em Cachoeirinha – cachoeirinhaNEWS.net

cachoeirinhaNEWS.net

News

 Breaking News
  • VACINAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA, 27 PRIMEIRA DOSE: ▪️ Adolescentes de 12 a 17 anos Menores de 16 anos precisam levar autorização dos pais ou estarem acompanhados. 🏥 ESF José Ari, ESF Carlos Wilkens, UBS Ildo...
  • VACINAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA, 21 Cachoeirinha seguirá vacinando adolescentes sem comorbidades conforme orientações da Secretaria Estadual de Saúde. Jovens maiores de 16 anos não precisam ir acompanhados dos responsáveis até à Unidade de Saúde para...
  • VACINAÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA, 15 Foi liberada a vacinação para adolescentes de 17 anos sem comorbidades. Pessoas desta faixa etária não precisam ir acompanhadas dos responsáveis até à Unidade de Saúde para receber a aplicação...
  • VACINAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA, 13 PRIMEIRA DOSE: ▪️ 18+ Público em geral ▪️Trabalhadores da Indústria de Cachoeirinha e públicos anteriores ▪️18+ Grávidas e Puérperas 🏥 UBS Décio e UBS Ildo Caçapava ▪️ Adolescentes de 12...
  • Limite de 2,5 mil pessoas e uso obrigatório de máscara; veja as regras de eventos esportivos no RS Abertura é permitida com 40% da capacidade de cada setor. Medida é válida a partir deste sábado (4). Governo espera concluir aplicação da 2ª dose para população adulta em outubro....

EDUCAÇÃO: Aulas retornam de forma híbrida nos dias 8 e 18 de fevereiro em Cachoeirinha

Foto: Larissa Ribeiro

EDUCAÇÃO: Aulas retornam de forma híbrida nos dias 8 e 18 de fevereiro em Cachoeirinha
fevereiro 04
16:59 2021

Primeiro retornam as EMEIs e depois as EMEFs. O ensino presencial terá limite de 50% de ocupação dos espaços. Pais ou responsáveis poderão optar pelo ensino remoto.

As aulas presenciais nas escolas municipais de Cachoeirinha retornam no dia 8 de fevereiro nas Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) e no dia 18 de fevereiro nas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs). Os espaços terão limite de ocupação de 50%, além de uma série de outras regras que visam à proteção da comunidade escolar.

Porém, conforme esclareceu a secretária municipal da Educação Rosa Maria Lippert em live nesta quinta-feira, 4, na página da Prefeitura no Facebook, os pais ou responsáveis pelos alunos podem optar pelo ensino remoto. “A escola vai fornecer um termo de responsabilidade, em que eles terão de se comprometer a receber as atividades e auxiliar seus filhos a fazerem as tarefas em casa, para que seja garantida a qualidade do ensino”, explicou. Segundo ela, o Conselho Nacional de Educação já autorizou este tipo de ensino até o final de 2021.

O prefeito Miki Breier esclareceu que o ensino presencial já está sendo realizado em diversas partes do mundo e do Brasil. “Cachoeirinha não é uma ilha. Precisamos entender que os números de contaminação estão estabilizados e que a vacina já é uma realidade. Além disso, precisamos tratar a educação como uma prioridade também. Alguns setores sequer pararam durante a pandemia e tudo já está funcionando. Precisamos que as escolas funcionem também, com toda a segurança e protocolos rígidos de prevenção”, alertou.

COE Municipal

A secretária de Educação lembrou que o COE Municipal (Centro de Operações de Emergência em Saúde para a Educação) está vistoriando uma a uma as escolas e liberando conforme observe todas as condições para o retorno presencial das aulas. Na quarta-feira, 3, ela e o secretário municipal de Saúde, Juliano Paz, se reuniram com todos os diretores de escolas para discutirem o planejamento deste retorno. “Tudo está sendo discutido e combinado de acordo com realidade de cada escola e de cada comunidade. Existe uma flexibilidade muito grande que permite esta adaptação”, disse Rosa Maria.

Assista à live completa AQUI. Conheça o decreto que estabelece as normas para o retorno das aulas presenciais AQUI.

Algumas das regras que deverão ser seguidas na sala de aula:

– Organizar as mesas e cadeiras para que, na sala de aula, os alunos fiquem em distância mínima de 1,5 m entre eles, em todas as direções;

– Observar o distanciamento interpessoal mínimo de 2 m nos locais de alimentação coletiva ou em que houver a necessidade de retirada da máscara;

– Evitar o contato entre as turmas, estabelecendo rotas e fazendo horários escalonados de intervalo, para que alunos de turmas diferentes não frequentem as áreas comuns de forma simultânea, inclusive nos horários de entrada e saída da escola;

– Organizar horários determinados para fluxo em outros locais de uso comum, sendo vedada atividades coletivas que envolvam aglomeração ou contato físico.


Redação: Vanessa Martins
Edição: Gisele Ortolan
Foto: Larissa Ribeiro

About Author

admin

admin

Liber iudicabit scribentur quo an, quo id porro labitur tractatos, sea dolorum forensibus disputando ut. Mel nibh sonet ne, laudem vidisse habemus ei sed, te stet diceret necessitatibus nam. Molestie vituperatoribus est an, an dicunt aeterno usu, cu mea admodum interesset. At etiam discere euismod has.

Related Articles

%d blogueiros gostam disto: