Homem que matou cunhada em Cachoeirinha é condenado – cachoeirinhaNEWS.net

cachoeirinhaNEWS.net

News

 Breaking News

Homem que matou cunhada em Cachoeirinha é condenado

Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Homem que matou cunhada em Cachoeirinha é condenado
fevereiro 10
19:50 2021

Após mais de 12 horas de julgamento, Evandro Ferreira de 46 anos foi condenado a 13 anos e 6 meses de prisão em regime fechado pela morte de Elaine Silva da Silva de 52 anos. O crime ocorreu em 2018. A vítima era cunhada dele.

Evandro vai cumprir pena pelos seguintes crimes: homicídio duplamente qualificado pelo emprego de asfixia e por ter ocorrido em ambiente doméstico, além de ocultação de cadáver. Ele seguirá preso no Complexo Penitenciário de Canoas.

A defesa de Evandro, feita pelos advogados Pedro Misael da Silva Corrêa e Tatiana Assis Machado Bersagui, informou que vai recorrer da decisão.

Relembre o caso

No dia 11 de setembro, colegas de Elaine estranharam seu atraso para chegar na revenda em que trabalhava. Ela não tinha faltas e era pontual. Sem celular, a empresa alertou a família que tentou falar com Evandro. Ele não atendeu e aí, o desaparecimento dos dois, começou a ser investigado.

Elaine e Ferreira residiam no mesmo endereço, no bairro Parque da Matriz, em Cachoeirinha. Ela no andar de cima, com os pais e uma irmã, e Evandro no piso inferior, com a esposa e a filha. Imagens de câmeras próximas da casa captaram o momento em que o instrutor de danças havia deixado a residência em seu Siena vermelho. os dias, ele costumava leva-la até a revenda, a cerca de dois quilômetros dali, e depois seguia para um curso profissionalizante.  

Dois dias após o sumiço, o corpo de Elaine foi encontrado em um matagal de Morungava, em Gravataí, ao lado do carro de Ferreira. O Siena estava com o porta-malas aberto, e o corpo dela em um mato, coberto por capim. Perto, estava a bolsa de Elaine, com documentos e dinheiro.

Moradores relataram aos policiais que um homem “com as roupas sujas” teria sido visto circulando pela região. Dias após o crime, Evandro foi preso em um hotel de Cruz Alta.

Fonte: AgenciaGBC

Tags
Share

About Author

admin

admin

Liber iudicabit scribentur quo an, quo id porro labitur tractatos, sea dolorum forensibus disputando ut. Mel nibh sonet ne, laudem vidisse habemus ei sed, te stet diceret necessitatibus nam. Molestie vituperatoribus est an, an dicunt aeterno usu, cu mea admodum interesset. At etiam discere euismod has.

Related Articles

%d blogueiros gostam disto: