IMUNIZAÇÃO: Cachoeirinha terá 730 doses da vacina de Oxford contra a Covid-19 – cachoeirinhaNEWS.net

cachoeirinhaNEWS.net

News

 Breaking News
  • VACINAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA, 27 PRIMEIRA DOSE: ▪️ Adolescentes de 12 a 17 anos Menores de 16 anos precisam levar autorização dos pais ou estarem acompanhados. 🏥 ESF José Ari, ESF Carlos Wilkens, UBS Ildo...
  • VACINAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA, 21 Cachoeirinha seguirá vacinando adolescentes sem comorbidades conforme orientações da Secretaria Estadual de Saúde. Jovens maiores de 16 anos não precisam ir acompanhados dos responsáveis até à Unidade de Saúde para...
  • VACINAÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA, 15 Foi liberada a vacinação para adolescentes de 17 anos sem comorbidades. Pessoas desta faixa etária não precisam ir acompanhadas dos responsáveis até à Unidade de Saúde para receber a aplicação...
  • VACINAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA, 13 PRIMEIRA DOSE: ▪️ 18+ Público em geral ▪️Trabalhadores da Indústria de Cachoeirinha e públicos anteriores ▪️18+ Grávidas e Puérperas 🏥 UBS Décio e UBS Ildo Caçapava ▪️ Adolescentes de 12...
  • Limite de 2,5 mil pessoas e uso obrigatório de máscara; veja as regras de eventos esportivos no RS Abertura é permitida com 40% da capacidade de cada setor. Medida é válida a partir deste sábado (4). Governo espera concluir aplicação da 2ª dose para população adulta em outubro....

IMUNIZAÇÃO: Cachoeirinha terá 730 doses da vacina de Oxford contra a Covid-19

Foto/Reprodução

IMUNIZAÇÃO: Cachoeirinha terá 730 doses da vacina de Oxford contra a Covid-19
janeiro 27
16:00 2021

Município está vacinando 812 pessoas dos grupos prioritários com a Coronavac e a segunda dose para estas pessoas está guardada no Estado

Cachoeirinha deve receber nesta quarta-feira, 27, mais 730 doses da vacina contra o coronavírus. Desta vez, o imunizante será o de Oxford, desenvolvido pela AstraZaneca e a Universidade em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A informação foi divulgada durante live de atualização, disponível em: https://www.facebook.com/prefeituradecachoeirinha/videos/418121152839305.

Seguindo os protocolos do Ministério da Saúde, as vacinas estão sendo aplicadas progressivamente nos grupos prioritários que somam 2,5 mil pessoas: profissionais de saúde da linha de frente em hospitais, Atenção Básica e rede de urgência e emergência, residentes e trabalhadores de Instituições de Longa Permanência (ILP). Gestantes e menores de 18 anos não foram liberados pela Anvisa para os imunizantes, pois não participaram dos testes.

Somadas as três remessas, Cachoeirinha garante a vacinação de 1.542 pessoas. O prefeito Miki Breier ressalta a importância da vacinação. “Não podemos obrigar as pessoas a receberem a vacina, mas existem restrições para quem não seguir o plano de vacinação. Isso é pensar no coletivo e na saúde de todos”. O secretário de Saúde, Juliano Paz, explicou a eficácia dos imunizantes. “Ambas estão aprovadas pela Anvisa e são eficazes e diminuem as chances de infecção e a gravidade da doença.”

De acordo com o cronograma, nesta quarta-feira, 27, deve ser concluída a imunização dos idosos e idosas moradores nas Instituições de Longa Permanência. A previsão é de que até quinta-feira, 28, seja concluída a vacinação dos profissionais que trabalham na linha de frente do combate à pandemia, de terça até esta quinta, dia 28, estão sendo vacinados os profissionais da UPA 24 horas.

O prefeito Miki Breier lembra que há a expectativa de novas remessas. “Vamos trabalhar com o que temos, com muita calma. Gradualmente a produção da vacina vai aumentando e vai chegar a nossa vez. Neste momento, é importante mantermos os cuidados: lavar as mãos, usar álcool gel, manter o distanciamento, usar a máscara e evitar as aglomerações, até que todos estejamos protegidos”, disse. O efeito da vacina demora entre 30 e 60 dias, portanto é fundamental que a população continue com os cuidados.

O processo de imunização em Cachoeirinha teve início no dia 19, às 17h, no Hospital de Campanha, em ato transmitido ao vivo pela página da Prefeitura no Facebook. A equipe de imunização da Secretaria da Saúde, em uma ação coordenada, vacinou simultaneamente os cinco primeiros representantes dos grupos prioritários.

Texto: Judy Wroblewski/PMC
Edição: Gisele Ortolan/PMC

About Author

admin

admin

Liber iudicabit scribentur quo an, quo id porro labitur tractatos, sea dolorum forensibus disputando ut. Mel nibh sonet ne, laudem vidisse habemus ei sed, te stet diceret necessitatibus nam. Molestie vituperatoribus est an, an dicunt aeterno usu, cu mea admodum interesset. At etiam discere euismod has.

Related Articles

%d blogueiros gostam disto: