TRABALHO: Miki busca para Cachoeirinha projeto do Governo Federal para diminuir o desemprego – cachoeirinhaNEWS.net

cachoeirinhaNEWS.net

News

 Breaking News
  • VACINAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA, 27 PRIMEIRA DOSE: ▪️ Adolescentes de 12 a 17 anos Menores de 16 anos precisam levar autorização dos pais ou estarem acompanhados. 🏥 ESF José Ari, ESF Carlos Wilkens, UBS Ildo...
  • VACINAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA, 21 Cachoeirinha seguirá vacinando adolescentes sem comorbidades conforme orientações da Secretaria Estadual de Saúde. Jovens maiores de 16 anos não precisam ir acompanhados dos responsáveis até à Unidade de Saúde para...
  • VACINAÇÃO NESTA QUARTA-FEIRA, 15 Foi liberada a vacinação para adolescentes de 17 anos sem comorbidades. Pessoas desta faixa etária não precisam ir acompanhadas dos responsáveis até à Unidade de Saúde para receber a aplicação...
  • VACINAÇÃO NESTA SEGUNDA-FEIRA, 13 PRIMEIRA DOSE: ▪️ 18+ Público em geral ▪️Trabalhadores da Indústria de Cachoeirinha e públicos anteriores ▪️18+ Grávidas e Puérperas 🏥 UBS Décio e UBS Ildo Caçapava ▪️ Adolescentes de 12...
  • Limite de 2,5 mil pessoas e uso obrigatório de máscara; veja as regras de eventos esportivos no RS Abertura é permitida com 40% da capacidade de cada setor. Medida é válida a partir deste sábado (4). Governo espera concluir aplicação da 2ª dose para população adulta em outubro....

TRABALHO: Miki busca para Cachoeirinha projeto do Governo Federal para diminuir o desemprego

Foto: Divulgação

TRABALHO: Miki busca para Cachoeirinha projeto do Governo Federal para diminuir o desemprego
agosto 18
14:53 2021

Nesta quarta-feira, 18, o prefeito Miki Breier e o secretário da Fazenda, Elvis Valcarenghi, estiveram em Brasília no gabinete do ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, buscando recursos para o município. O foco é a geração de trabalho e renda no pós-pandemia.“É importante estarmos inteirados das novidades que o governo nos oferece para podermos melhorar a nossa cidade”, reforçou o secretário da Fazenda.

No Ministério do Trabalho, prefeito e secretário da Fazenda, Elvis Valcarenghi, trataram do Programa Nacional de Prestação de Serviço Social Voluntário.

Na reunião, foi apresentado o Programa Nacional de Prestação de Serviço Social Voluntário, implementado pelo Governo Federal. O município poderá contratar jovens de 18 a 29 anos e pessoas com idade superior a 50 anos, visando diminuir o desemprego e fomentar o crescimento municipal. O programa terá duração de 18 meses em atividades de interesse público dos municípios.

“Estamos levando boas notícias, recursos e novos projetos para a nossa cidade. Agora vamos operacionalizar o que for necessário para colocar esta medida em prática”, explicou o chefe do Executivo, Miki Breier.

Entenda o projetos

Para funcionar por meio de convênios com os municípios, o projeto de lei de conversão da Medida Provisória 1045/21 cria o Programa Nacional de Prestação de Serviço Social Voluntário. Também sem qualquer vínculo trabalhista, o programa será destinado a jovens de 18 a 29 anos e a pessoas com mais de 50 anos, com duração de 18 meses em atividades de interesse público dos municípios.

Da mesma forma que os outros programas previstos na MP, o selecionado deverá realizar curso de qualificação profissional. O monitoramento do programa será feito pelas cidades de forma informatizada.

Já a jornada de trabalho será de 48 horas mensais, limitada a 6 horas diárias por pessoa em cada pessoa jurídica de direito público ofertante. Esse trabalho deverá ser feito em, no máximo, três dias da semana, sendo permitida a prorrogação da jornada e a instituição de regime de compensação pelo município, nos termos de regulamento. Entretanto, não poderão ser exercidas atividades privativas de profissões regulamentadas ou de competência de cargos ou empregos públicos ou atividades perigosas.

Os municípios definirão o valor a receber pela pessoa, não inferior ao salário-mínimo/hora, e a forma de pagamento de vale-transporte. A União ajudará os municípios a pagarem por esses serviços com até 50% do valor pago pela cidade, limitado a R$ 125,00 por pessoa. Para fazer os pagamentos, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal poderão abrir contas do tipo poupança social digital para realizar os depósitos aos beneficiados.

Texto: Judy Wroblewski
Edição: Gisele Ortolan

About Author

admin

admin

Liber iudicabit scribentur quo an, quo id porro labitur tractatos, sea dolorum forensibus disputando ut. Mel nibh sonet ne, laudem vidisse habemus ei sed, te stet diceret necessitatibus nam. Molestie vituperatoribus est an, an dicunt aeterno usu, cu mea admodum interesset. At etiam discere euismod has.

Related Articles

%d blogueiros gostam disto: